Amor Virtual


Escrevo estes versos pra ti
Como quem faz um filho.
Eu sou tua alma gêmea
E tu, querida, és minha flor.

Por ti eu vivo, eu morro,
Minha fada, mimo, mulher,
És minha estrela, minha lua,
E eu serei tudo o que quiseres.

Esse amor que nos toca
numa explosão de energia
Há quilômetros de distância:
És tu que vens,
Nas nuvens, no ar,
sobre; sob sol e chuva.

Sinto teu corpo, tua pele
– Faço de ti minha musa –
Toco teus seios, sonho e…

– Sou real, verdadeiro.


Vicente Freitas



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Minha Personalidade INFP

Literatura e Escritores Cearenses