Airton Monte morre de câncer aos 63 anos em FortalezaPDFImprimirE-mail
11 de setembro de 2012
O cronista e médico cearense Airton Monte morreu, na noite dessa segunda-feira (10), vítima de câncer. O poeta, que era casado e tinha dois filhos, faleceu em casa, por volta das 20h.
Airton Monte nasceu em Fortaleza, no ano de 1949. Filho de Airton Teixeira Monte e Valdeci Machado Monte, se formou em Medicina na Universidade Federal do Ceará (UFC).
Era cronista do jornal O Povo, comentarista de rádio, redator de televisão, letrista, teatrólogo e poeta contista. Iniciou-se na revista O Saco, onde publicou contos. Além disso, foi um dos fundadores do Grupo Siriará de Literatura.
Bibliografia
O contista estreou no gênero com o volume O Grande Pânico (1979), seguido de Homem Não Chora (1981) e Alba Sangüínea (1983). Participou de algumas antologias: Os Novos Poetas do Ceará III, Antologia da Nova Poesia Cearense, Verdeversos e 10 Contistas Cearenses.
Airton Monte também publicou seis livros, dentre eles, Memória de Botequim eMoça com Flor na Boca, que foi indicado para o vestibular da UFC.

Fonte: Jangadeiro On line


Publique este artigo no seu site | Visto: 157

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Minha Personalidade INFP

Literatura e Escritores Cearenses